segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Vai valer a pena

É gente
Coisa feia essa de deixar  blog pra lá e sumir não é? Pessoas assim merecem...
Merecem...
hmm...

Muito amor gente e perdão.

Passei por pequenos problemas e tive que me afastar um pouco do blog, por pura falta de inspiração. Mas aqui estou novamente.
*******************************************************************************
Não...ainda não engravidei

Mas já definimos quando começaremos a tentar.
Para isso terei que começar a trabalhar, pois eu de fato, não abro mão da compra de um apartamento antes de ter um bebê.
Acho que nunca contei aqui, mas eu moro em uma casa que é dos meus pais, que fica ao lado da casa deles.
Eles NUNCA me cobraram nada e quando noivei, eles ofereceram a casa para que eu morasse até quando eu quisesse.
Mas tem o detalhe que eu NUNCA quis morar nessa casa.
Não sei como funciona para outras pessoas, mas para mim simplesmente não funciona. Minha mãe me ajuda muito, amo ter minha irmã por perto, adoro ter os 3 (pai, mãe e irmã) por perto e poder vê-los todos os dias, mas eu sinto falta de ter a MINHA vida com meu marido.
E isso muitas vezes não acontece, as vezes por comodidade da minha parte e as vezes pelo costume já criado.
Meus pais se dão muito bem com o meu marido, alias eles sempre o defendem em tudo.

E sim, quem fica de implicância com a casa sou eu.

Então, resolvi trabalhar para poder ajudar a pagar as prestações da casa. Isso vai adiar um pouquinho os planos, mas vai ser em prol de uma coisa muito boa.



quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Passadinha

Oi oi oi...gente eu to sumidinha sei...
Mas to passando rapidinho pra avisar que já volto a postar, to meio que na correria. Bjoo

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Filhos x Estudar

O meu maior medo de estudar é que teoricamente já está tarde.
Explico
Tenho 23 anos, minha meta é não passar dos 25 para ter o 1º filho. 
Bom, não estarei formada até lá e o meu impasse cresce ai. 
Penso: Será que darei conta de estudar e ser mãe? 
Essas questões rondam minha cabeça todo o tempo e então decidi.

Voltei a estudar gente. Fiz todos os teste de aptidão, analisei o que gosto e não gosto e fiquei muito dividida entre:

Jornalismo
Publicidade e Propaganda (que já fiz 1 período em 2009)
Administração 

Optei por administração. Muitos e muitos motivos.

E em relação a filhos???

Bom resolvemos que terei sim durante o curso, pois melhor tê-los estudando do que trabalhando. Assim pensamos. 
Claro que muitas pessoas pensam diferente, mas acreditamos que funcionará para nós.

Nosso objetivo é que o primeiro filho nasça enter novembro e dezembro, para que assim eu possa ter pelo menos 2 meses integrais dedicados e também, as aulas só tem a duração de 3:30. Ou seja, teria que engravidar em fevereiro ou março...é isso mesmo?

e ai?

O que acham a respeito disso?

Sei que estamos felizes com o nosso planejamento. 

E sim, como uma terapia pode mudar vidas.



sábado, 10 de agosto de 2013

Da não gravidez

Então que esse mês eu tinha toda c-e-r-t-e-z-a do mundo que eu estava grávida.
Mas assim, sintomas mais variados.
Explico:

Fiquei sem tomar remédio de agosto do ano passado até maio, pois eu esquecia de tomar o bendito. Tentei até usar o Nuvaring, aquele anel vaginal, mas minha menstruação sumiu e eu passava mal horrores. Parei, mas usava métodos contraceptivos. Então em maio resolvi que era de tomar vergonha na cara e voltar a usar remédio, pois estava cansada da tal "sacolinha", como meu marido fala.

Comecei no inicio de maio e minha garganta inflamou como já contei aqui, e fiquei muito mal e tomei muito antibiótico, então parei de tomar o anti, pois já estava cheia de remédios e eles cortavam o efeito.

Em junho eu ainda não estava tomando, pois ainda estava com antibióticos. No iniciozinho de julho a menstruação veio e comecei a tomar o remédio, mas fiz brincadeiras sem camisinha no 2º dia do remédio. Nem me toquei de nada.

Depois de umas 3 semanas, comecei a acordar com muito enjoo. Comia e melhorava.
Meus seios estavam doendo além do normal, senti uma colicazinha chata por 2 semanas.

Então eu pensei: É, to grávida. Mas como a monstra já estava pra vir, falei que ia esperar e não fiz exame.
Então semana passada ela veio, mas veio matando. Meus Deus, que cólica.

E sabe, mesmo não estando nos meus planos, fiquei triste quando ela veio.
Já havia começado a pensar em como eu faria, como contaria pras pessoas...
Mas não foi dessa vez, acredito muito que os sintomas foi pelo remédio, pois sempre dou reações quando começo a tomar o anti.

Mas depois desse mini susto, eu e marido começamos a pensar um pouquinho mais no assunto.
Quem sabe ano que vem um baby apareça em nossas vidas.



terça-feira, 23 de julho de 2013

Voltei

Voltei!

Nunca fiquei tanto tempo com a garganta doendo, mas foi bom.
Apesar da dor, não me incomodou a comer. Apesar da gripe, me diverti muito.
Vi 2 temporadas completas de "2 Broke Girls"
Vi a ultima temporada de "Big Bang Theory"
Comecei a assistir "Modern Family"

E como perceberam, AMO séries.
Além dessas assisto
*Revenge
*Greys Anatomy
*Friends (Essa alias já vi e revi varias vezes e NUNCA me canso)

Greys Anatomy e Big Bang Theory sou muito fã mesmo.

Bom, além de ver bastante séries dormi muito. Descansei pra um mês, além de ter trocado a noite por dia por 1 semana.

E claro visitei os blogs.
E como estava com saudade de escrever aqui.

sábado, 13 de julho de 2013

Alerta: garganta inflamada

No mês de maio passei por muitas dificuldades, ainda não estou pronta para falar de todas, mas de uma irei falar.

Quando nasci tive muitos problemas respiratórios, fiquei em balão de Oxigênio e com tudo isso aos 4 anos retirei as amídalas. Sou extremamente alérgica e todos os anos minha garganta infecciova. Isso até os 16 anos. De lá pra cá, apesar da alergia, não tive mais problemas com a garganta, até Maio. No começo do mês 05, acordei com uma dor muito grande, fui ao hospital para a receita de antibiótico, o médico me passou Amoxilina. Tomei por 5 dias e piorei muito, minha garganta encheu de placas e não conseguia beber nem água, perdi cerca de 8 kg. Chorava muito, voltei ao hospital, fraca, e descobri que meu organismo já tem resistência ao remédio, pois as muitas vezes que tive essa mesma infecção tomei esse remédio. Comecei a tomar Clavulim, porém ele me dava muito enjoos. Ou seja a garganta melhorou muito pouco e continuava sem comer, pois não conseguia, depois de 4 dias me levaram ao hospital de novo, mas por não conseguir alimentar. Estava fraca, me passaram Dramim b6 ou Buscopam Duo. Queriam me internar, mas me comprometi a comer. Foram mais 6 dias horríveis, comendo forçada e com dor. Teve dia que demorava 1 hora para almoçar. Isso porque eu comia meio prato de comida. Me foquei em gelatinas, iogurtes, sucos, sopas.
E porque estou contando isso? Bom porque estou sumida do blog e sim, minha garganta inflamou novamente. Mas dessa vez parece ser viral, estava muito gripada e a garganta irritou pela quantidade de espirros (dedução minha né gente).Estou alimentando normalmente, não tenho febre, só a cabeça que foi um pouco as vezes. Mas a dor tira a vontade de postar. Então, assim que estiver 100% volto e conto novidades.
Então... Beijos e até o mais breve possível.
domingo, 7 de julho de 2013

Aleatoriedades

Aleatoriedades que se passam em minha cabeça
*********

Na minha família tem inúmeros gêmeos.
Tenho tias, primos, tios avós...
E gente, posso parecer maluca, mas é meu sonho.
As pessoas falam comigo assim: "Cuidado com o que deseja que pode acontecer". E fico toda feliz, porque mesmo que falem isso no sentido ruim, eu levo para o lado do" tomara que sim".

Sei como é difícil, convivo com isso diariamente.
É meu sonho.
*********

Até ano passado queria muito ter uma menina.
Hoje quero muito ter um menino.
Se pudesse teria uma casal de gêmeos.
*********

Quando eu namorava brincávamos que iriamos ter 8 filhos, de tanto que o Diogo AMA criança e tem vontade de ter filhos.
Mas na verdade o Diogo tem vontade de verdade de 5 - LOUCO
Eu queria 1, pelo trabalho e pelo dinheiro, mas fui filha unica por quase 10 anos e odiava o fato de não ter irmãos e depois que tive, odiava a diferença de idade, é guerra.

Hoje depois de muitas conversas, decidimos ter 3, mas claro que depois do primeiro, essa conversa vai acontecer denovo.
Outro medo é ter gêmeos na primeira vez e depois tentar o terceiro e vir mais gêmeos, acho que ai eu enlouqueço.
*********

Search

Carregando...

Quem sou eu

Minha foto
Jessica Samara,casada,técnica em administração que não trabalha, indecisa. Desde que casou pensa muito na maternidade e está esperando momento certo para realizar esse desejo.
Tecnologia do Blogger.